segunda-feira, 31 de agosto de 2015

COMO REALIZAR TEUS SONHOS




Quando você não luta desesperadamente pela sua causa, você revela aos outros, que não merece a ajuda de ninguém.


Deus nos concede forças para resolver problemas, ou supera-los. Nem sempre nossos problemas podem ser resolvidos, todavia eles sempre podem ser superados com a ajuda de Deus.

Não existem vitórias e conquistas, sem lutas e batalhas. Nem na vida real e nem nas fábulas e estórias de faz de conta. Se você quer vencer, então lute! Porque essa é a única opção que a vida te dá.

Melhor do que esperar uma grande oportunidade chegar é sair correndo em busca de uma grande oportunidade.

Na vida não existe neutralidade e inércia, se você não está crescendo e progredindo, significa que você está murchando e morrendo.

Nunca decida esperar que a oportunidade venha ao teu encontro, sempre lute e corra desesperadamente para encontrar ela, por todas as direções que você tenha que tomar.

Para conquistar alguma coisa, você tem que sonhar e agir, e não sonhar e dormir.

Se você sonhar, e os outros lutarem por um mesmo ideal, então serão sempre os outros que conquistarão os teus sonhos.

Nunca é fácil lidar com pessoas que estão com os olhos abertos, mas sempre decidem ir pela direção errada.

A vida é irônica, e sempre nos dá uma chance de encontrar nas esquinas da existência, pessoas que querem chegar ao céu, caminhando pela estrada que conduz ao inferno.

Pr Clavio Juvenal Jacinto


Extraido dos sermões, escritos, anotações e escritos de Clavio Juvenal Jacinto

PORQUE O RACIONALISMO SECULAR É FALIVEL?


O ceticismo tenta usar a razão para argumentar que DEUS não existe, mas as conclusões racionalistas não podem ser coerentes e coretas em todos os setores da nossa existência, o raciocínio humano é completamente limitado, me para provar isso, basta olhar a brevidade da vida e o tamanho do ser humano em comparação com a dimensão do universo. O racionalista secular não consegue, por exemplo, descobrir sair do tempo presente, ele não consegue ir ao passado remoto, por exemplo, para descobrir se a teoria da cidade de Atlântida é ou não é fato. O Racionalista cético é um ser completamente limitado. Vejamos agora três preposições claras de que um cético não pode fazer declarações absolutas, daquilo que foge completamente de seu raciocínio secular.

Primeira: A razão do cético não é onipresente. Nem todas as suas afirmativas podem ser verdadeiras, porque ele é incapaz de estar presente em cada lugar desse universo megadimensional, e por isso não pode concluir com base racional que vasculhou todas as dimensões do universo, e não encontrou DEUS. Pelas nossas limitações no espaço tempo, e pela nossa brevidade da vida, concluir que Deus não existe, partindo de uma convencional observação total de todas as dimensões do universo, é praticamente impossível. Se o raciocínio do cético não é onipresente, então é falível.

Segunda: Se a razão do cético não é onisciente, suas prerrogativas nunca podem ser verdadeiras, ele está limitado no espaço e no tempo, num lugar só, e não tem conhecimento total e não pode e star em todos os lugares do universo ao mesmo, e nessa situação, ele fica limitado aos extremos da pequenez de nosso planeta comparado com o universo convencional que se conhece hoje. Sem a onipresença, ele jamais pode concluir que estando presente em todo o universo, sabe que Deus não está em lugar nenhum. Portanto é falível.

Terceira: A razão do cético não é onipotente. Ele não é capaz de construir todos os fatos concretos da existência a partir do raciocínio, o que ele tenta fazer  é  manipular informações a fazer com que a vida gire em torno de teorias e construir suposições que  gravitem em torno de informações. Como a razão do cético não é onipotente, ele não tem experiência do que é a onipotência, e por isso, tem que trabalhar encima de suas próprias deficiências  e limitações, suposições, teorias e opiniões pessoais.
A razão do cético não é onipresente, não é onisciente e não é onipotente, não é uma divindade, pelo qual todas as verdades  tornam-se absolutas. Por isso mesmo, não tem competência para afirmar se existe ou não um DEUS Criador de todas as coisas. Limitada como é, apenas pode fazer conjecturas e nada mais.



Pr Clavio Juvenal Jacinto

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

O HOMEM CAÍDO


Quanto mais um coração recebe a luz do evangelho, mais percepção ele terá da malignidade do pecado que vem na tentação.


A mensagem da cruz direcionada ao homem caído é simples e direta, ou completa salvação com Cristo ou completa condenação sem Ele.

O diabo é tão maligno quanto o homem caído, e o homem caído é tão maligno quanto o Diabo, quando está debaixo da sua influencia.

Tão trágica quanto a queda do homem, é a tentativa do homem caído querer entrar no céu, sem um sincero e verdadeiro arrependimento de seus pecados.

O Homem caído é acometido de uma tão terrível cegueira, que vestindo-se de trapos de imundície de sua justiça própria, acredita piamente que está vestido de mantos reais.

O homem caído orgulha-se de sua religião, o homem regenerado humilha-se por causa da misericórdia de Deus.

O homem caído quando tenta subir os degraus da justiça própria, prepara-se para um mergulho mais violento para o abismo da perdição.

A unica força capaz de erguer espiritualmente o homem caído, é o sangue do Cordeiro de Deus que foi transpassado e Suspenso na cruz do Calvário.


Autor:
Pr Clavio Juvenal Jacinto

Extraido de sermões, escritos e reflexões.

SOLI DEO GLORIA





quarta-feira, 26 de agosto de 2015

IGREJA LIBERDADE E ESTADO LAICO




Um alerta e um esclarecimento a todos cristãos

Todos percebemos que nossa sociedade está sofrendo mudanças sociais e morais. No âmbito religioso não é diferente, uma mudança sutil, tem se perpetrado e vem modificando as estruturas da liberdade e da democracia. Os valores cristãos estão sob constante ataques, a igreja está correndo sérios perigos, precisamos estar alertas, pois de outra forma, não estaremos preparados para os confrontos e os problemas que esses fatos podem gerar, num futuro próximo.

Daniel três e as lições que precisamos aprender.

A história narrativa do Livro de Daniel, onde Nabucodonosor faz uma estatua de ouro, e sanciona uma lei onde todos deveriam se prostrar e adorar aquela estatua, é um exemplo clássico, de como uma tirania pode tirar a liberdade de culto e forçar com que todos devam tornar-se ecléticos, e prostrar-se diante daquilo que o Estado acha que deve ser o certo, em questões religiosas. No caso de Daniel Três, é lógico não há separação de igreja e Estado. Mas ali está a tirania, e o confronto, por quê? O povo judeu tinha a Torah, e de acordo com o ensino de Moisés, a pratica da idolatria era um pecado condenado pela lei moral de Deus. Assim o estado estava impondo uma pratica que era contraria a lei de Deus. Mais a frente, no mesmo livro de Daniel, príncipes, presidentes e políticos (Representantes do Estado) conspiraram contra Daniel (Daniel 6:4-9) hoje também políticos conspiram contra os princípios cristãos, e podem estar preparando uma cova e uma fornalha para a igreja.
Há muitos anos atrás, comentando sobre o assunto em pauta nesse estudo, Wiiliam Stanmeyer já advertia em tom profético: “Um padrão sinistro está se desenvolvendo, uma campanha multifacetada está sendo montada, para remover totalmente a influencia cristã da sociedade” (1). Hoje podemos ver isso de forma clara, e por mais que estejamos acomodados e despreocupados, tudo está ganhando forma e força, e pelo que podemos perceber, a igreja pode enfrentar duras provas, e ser testada até o cerne a sua fidelidade por Cristo, o tempo revelará essa verdade.
A igreja de Cristo ergue o estandarte do evangelho, as verdades e os princípios morais da bíblia tem sido a bussola que orienta o trajeto, a passagem da igreja por esse mundo, advogamos que Cristo é a verdade, que o evangelho é a verdade, porém não percebemos que essa verdade é exclusivista. Essa tem sido a realidade, proclamamos que a bíblia é a palavra de Deus, proclamamos fidelidade ao Senhor fazendo a sua vontade revelada nas Escrituras, pregamos  que Cristo é o único Caminho de Salvação, e nos opomos aos pecados que o mundo defende de forma tão apaixonado e com zelo doentio. R. C. Sproul afirma, e com toda razão: “A verdade divide as pessoas. A verdade causa controvérsia. A verdade causa debate. A verdade causa transtorno aos relacionamentos. A verdade crucifica pessoas” (2). Mas a verdade exclusivista da religião cristã, não obriga ninguém a tornar-se cristão. O estado laico foi criado exatamente com esse principio: dar liberdade de crença a todos os homens que compõem uma sociedade.

O estado laico

Vivemos em um estado laico, a separação da igreja do Estado, foi um processo de liberdade que ocorreu após a reforma protestante, é um legado muito importante, e uma conquista de valor inestimável. A separação da igreja e do Estado se deu por causa dos problemas causados por grupos que fizeram oposição as igrejas estatais, por exemplo na Inglaterra anglicana, muitos puritanos se opuseram e foram perseguidos e tiveram atividades restritas, batistas também sofreram perseguições, John Bunyan escreveu seu clássico “O peregrino” na cadeia, porque estava pregando “ilegalmente”.  Em outras partes da Europa da idade média, em meio as convulsões políticas e religiosas produzidas pela reforma, houve uma perseguição aos anabatistas e outros grupos, muitos desses grupos formavam uma frente de reforma  radical, enfim muitos grupos religiosos sofreram perseguições, foram aplicados penas capitais, e muitos morreram. Foi na America do norte, com os primeiros colonizadores protestantes, muitos deles, fugindo da perseguição na Europa, que começaram a dar forma a um estado onde a liberdade de culto e de religião fosse uma realidade. Os Estados Unidos da America teve inicio erguendo essa bandeira. Dentro desse contexto cultural, os colonizadores da America do norte, os fundadores dos Estados Unidos teriam um lugar onde reinaria a liberdade e a tolerância religiosa, a igreja seria separada do Estado. As pessoas teriam o direito de professar à religião que quisessem, e o Estado as protegeria. Parece que essa importante conquista evangélica não é ensinada em nossos colégios hoje. O protestantismo norte-americano contribuiu para a importância de um estado laico e a liberdade de religião. No estado laico que emergia, TODOS TERIAM LIBERDADE: judeus, budistas, muçulmanos, cristãos etc. Todos seriam tolerados perante a lei. (3) Esse modelo democrático se expandiu, e hoje o Brasil também é um país  sem uma religião estatal.  O Brasil tornou-se um Estado laico em 1891, com o aparecimento do regime republicano, como nossa nação foi colonizada por europeus, provenientes principalmente de Portugal, a religião oficial durante muito tempo foi o catolicismo romano, com a queda do império e o nascimento da republica, o Estado laico tornou-se uma realidade e pelo menos permanece até hoje. (4)
Infelizmente, muitos estão confundindo o significado de estado laico e  estão promovendo confusão e intolerância, pensando que o estado laico é um estado ateu ou antirreligioso. As afrontas e os combates ideológicos, a retirada de símbolos cristãos de repartições publicas, como cruficixos, retirada de bíblias de bibliotecas, são provas definitivas, de que muitos estão se aproveitando da ignorância  ( dos que não sabem fazer a distinção de que estado laico não é estado ateu ou antirreligioso) para promover a intolerância ao cristianismo, e construir uma ideologia anticristã que se fortalece e tenta encurralar a igreja, minando as bases da nossa liberdade. A explicação sobre o estado laico foi bem definida por Katia Bouez Azzi: “É importante ressaltar que o conceito de Estado laico não deve ser confundido com Estado ateu, já que o ateísmo e seus assemelhados também se incluem no direito à liberdade religiosa. Trata-se do direito de não ter uma religião; como afirmou o grande jurista Pontes de Miranda, “a liberdade de crença compreende a liberdade de ter uma crença e a de não ter uma crença”. Assim sendo, confundir Estado laico com Estado ateu é privilegiar esta crença (ou melhor, não crença) em detrimento das demais, o que afronta os princípios da igualdade e da liberdade.” (5) Katia Azzi então prossegue e dá uma definição do que é o estado laico: “Estado laico, secular ou não confessional é aquele que não adota uma religião oficial e no qual há separação entre o Clero e o Estado, de modo que não haja envolvimento entre os assuntos de um e de outro, muito menos sujeição de um em relação ao outro. Portanto, Estado laico não é sinônimo de Estado antirreligioso; é até o contrário. O Estado laico foi a primeira organização política que garantiu a liberdade religiosa. A liberdade de crença, de culto e a tolerância religiosa foram aceitas graças ao Estado leigo, e não como oposição a ele.” (6)
Como nossa liberdade vem sendo restringida, e estamos caminhando a uma sociedade Orwelliana, onde a privacidade está sendo destruída aos poucos, e percebe-se um controle e manipulação de massa por meios midiáticos, a igreja vem sofrendo ataques e restrições, e tudo parece estar se afunilando, o futuro da igreja nesse mundo e em nossa nação pode sofrer duros e terríveis golpes se as coisas continuarem nessa direção. Estão usando o Estado laico, para desrespeitar símbolos cristãos atacar a família tradicional e o casamento hetero. Destruir os princípios de igualdade e banir a moral judaica cristã da nossa sociedade. Querem ter a liberdade de pecar, sem dar ao cristão o direito de não concordar! Assim ao invés do Estado laico, proteger a igreja, punirá seus lideres, por não concordarem com a agenda libertina e até mesmo blasfema dessa nova geração de homens pecaminosos, tais não querem ser confrontados ao terem liberdade de fazer o que consideram “politicamente correto”, impondo uma intolerância perniciosa, contra todos os que se opõem as suas cartilhas. Se o cristão discorda, proclama publicamente que é pecado, será preso, processado, e quem garante que ficaremos isentos das covas e das fornalhas, se decidirmos que não nos prostraremos diante do ídolo da razão pós moderna?
O Estado laico não é antirreligioso, mas protetor. Ampara e dá direito dentro das leis vigentes, á todas as pessoas que professam uma crença ou não. O grande erro sutil, defendido pela postura intolerantes indevidas e radicais de certos grupos no Brasil, É DEIXAR TRANSPARECER A CRENÇA DE QUE O ESTADO LAICO É UM ESTADO ANTI-RELIGIOSO ou na pior das hipóteses um estado ateu, sem Deus. A nossa constituinte é clara sobre esse assunto. O estado é laico, no entanto encontramos na constituinte que “É assegurada, nos termos de lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva” (7) ora que é isso, senão o direito da religião existir, e dar a liberdade de assistência aos que professam uma fé, esses podem ser assistidos por seus ministros. Além disso, essa mesma constituinte garante: “É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de cultos e a suas liturgias” (8) O Estado laico serve para nos proteger, proteger cada cidadão e proteger cada igreja, cada denominação. Temos que ter ciência disso, temos que explicar para nosso povo, temos que agir, e esclarecer a lei e nossos direitos, e acima de tudo. LUTAR POR ELES!
Mas embora tudo isso esteja no papel, e é a nossa garantia de liberdade de culto e proteção, há uma revolução cultural anticristã emergindo no mundo ocidental, alguns chamam nosso tempo de a era pós-cristã, ela pode ser observada na Europa, nos EUA e no Brasil. Grupos opostos aos valores morais judaicos cristãos lutam para derrubar e expulsar das repartições publica, símbolos cristãos, em certos países alunos são proibidos de entrar com um lápis que tenha a inscrição “criminosa” de uma frase cristã, tipo “Jesus te ama” no Brasil, estão tirando de lugares públicos crucifixos e outros símbolos cristãos, com o argumento de que o Estado é laico, e por isso não pode tolerar a religião e seus símbolos. Estamos vivendo uma revolução cultural anticristã, as coisas que foram estabelecidas pelo cristianismo, estão sendo derrubadas na sociedade secular. E chegará um tempo em que só a igreja insistirá em manter esses valores e símbolos, mas quando tudo se encontrar em ruínas lá na sociedade secular, então nós que insistirmos em defender os valores e princípios bíblicos, seremos acusados se sermos inimigos do estado, rebeldes que precisam ser reeducados ou na pior das hipóteses: punidos! Lembre-se que estamos sob serias ameaças, à imposição de leis, que obriguem pastores e lideres cristão a efetuarem casamentos que fogem aos princípios e valores judaicos cristãos tem sido uma ameaça constante, por isso, é bom lembrar que estou tratando de coisas reais, que precisam ser percebidas e colocadas em nossa agenda de oração.
A igreja cristã vem sofrendo pequenos golpes, a ideologia de gênero e outras doutrinas humanistas vêm sendo imposta em nossa sociedade, a família tradicional, vem sendo atacada ferozmente. Infelizmente o povo é conformista, criamos um mundo de faz de conta, e sob o argumento de que é o fim dos tempos, e que Jesus está voltando, cruzamos os braços, mas não se engane, porque o mundo anticristão mata os cristãos. Certo? Nunca se esqueçam disso, que decepar cristãos não é coisa do passado, a matança de cristãos, a pena capital daqueles que morrem por causa da fé, é uma realidade em países onde predomina o espírito anticristão na sociedade. Não podemos fazer de conta que tudo vai bem, pois agir dessa maneira é trair a nossa própria consciência. O que vejo hoje é uma militância secular, tornando-se cada vez mais anticristã, e por fim tentará impor a qualquer a custo, o relativismo moral dentro das nossas igrejas.
O Estado laico tornou-se o símbolo da democracia da liberdade religiosa, hoje as coisas estão mudando, de forma sutil, uma minoria exerce uma força cada vez maior, capaz de forçar a retirada de símbolos de repartições publicas. A polemica recente envolveu a questão de exemplares da bíblia em lugar de destaque nas bibliotecas publicas de Florianópolis, sob ataque, houve uma mudança da lei,agora está suspensa essa obrigação. Porque isso fere a “constituição” o que os opositores vêm conquistando, é fruto de uma intolerância sinistra, porque mais de 80% da população brasileira se declara cristã (9) e uma vez que a bíblia não é somente um livro religioso, deve ser considerado como um livro clássico, aliás, o mais clássico de todos os livros, pois nenhum outro livro vendeu mais do que a bíblia, então trata-se de um livro também cultural (moldou a cultura ocidental) as escrituras são um patrimônio da humanidade. Mas há essa repulsa secular contra tudo o que se chama Deus, o verdadeiro espírito do anticristo está atuando com toda a sua fúria e derramará todo o seu ódio contra o cristianismo. Paulo descreve a característica antideus do espírito do anticristo: “O qual se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus.”(II Tessalonicenses 2:4). Estamos vivendo isso hoje de forma terrível, pois enquanto que uma parte do mundo sofre o avanço do islã, numa intolerância devastadora contra os cristãos, o mundo ocidental alimenta esse espírito anticristão, que vai crescendo com uma tirania também intolerante, tentando expulsar o teismo da cultura e de toda a civilização. Nos EUA, anos atrás desenvolveram até um aplicativo, para bloquear as paginas da internet que contenham a palavra “Deus”. Esse aplicativo chama-se Godblok, e é instalado em computadores para impedir que crianças acessem sites e paginas da web de cunho religioso. É essa a sociedade emergente em que estamos entrando, a sociedade que está gerando e dando forma ao anticristo.
Uma sociedade é composta de cidadãos, de pessoas. Uma nação é uma sociedade de pessoas, um estado é composto de pessoas. Em síntese, pessoas compõem um Estado e uma nação. A Nação, em sua estrutura democrática, que funciona em forma de leis, deve ser laica, e é claro, que deve ser assim, de outra forma não será uma democracia. Se uma nação se torna ateia, como aconteceu na antiga URSS, todas as outras religiões precisam ser banidas. Quando um país adota uma religião estatal, todos precisam seguir essa religião, a luta será sempre em instituir a religião do estado. Aqui está o cerne da ditadura, sendo ateu como foram  as nações comunistas, as religiões precisam de alguma forma serem restritas ou completamente banidas. Sendo intolerantes, proclamando uma espécie de superioridade racial com fortes inclinações para a gnose ocultista, como  no caso da Alemanha nazista, todas as religiões que se opuseram ao regime nazi-ocultista sofreram perseguições, e cometeram-se enormes e hediondos crimes contra as pessoas que professavam uma fé, cujo valores eram opostos ao regime nazista e seus valores raciais de supremacia ariana.
Os cidadãos de nossa Nação são na sua maioria esmagadora, religiosos. Nossa nação comporta um numero muito grande, de pessoas que professam uma crença. Grande parcela da nossa nação é evangélica e católica. As células que compõem a nossa Nação são famílias milhões de famílias com fortes traços de influencias dos valores judaicos cristãos, que ficaram enraizados na cultura de nosso povo durante séculos. Vieram os catequistas católicos, depois vieram os missionários presbiterianos. Nossa influencia protestante começou no nordeste, mas foi banida da nossa terra, só mais tarde batistas e presbiterianos e luteranos vieram e se estabeleceram em nossa terra de forma definitiva. De qualquer maneira o legado cultural é grande e profundo. Porem querem arrancar tudo isso. Impondo a partir de filosofias de mudanças e lavagem cerebral, impondo uma reforma psicológica na sociedade (denunciada de forma clara em um livro chamado “Maquiavel pedagogo” de Pascal Bernardin.)   
A nova intolerância com tendências e influencia marxista, e por que não afirmar, também fascista, tenta impor a ideia de que um Estado laico, é antirreligioso, isso é um absurdo. Se o Estado é composto de pessoas que creem em Deus e na sua maioria advogam e professam o cristianismo ou são adeptos de movimentos religiosos influenciados pela fé cristã, como distorcer o sentido do conceito e atacar com tanta fúria os símbolos cristãos?    Há uma guerra ideológica, tentando impor a intolerância, Dave Hunt chamou esse movimento de “A Tirania da Minoria”, ou seja, grupos minoritários com valores morais relativistas, marxistas, contrários ao casamento e a família tradicional, tentando impor leis que lhes de liberdade de fazer o que quiserem sob a falsa bandeira de direitos pessoais, com uma intolerância rígida de não suportar qualquer tipo de oposição. Querem entrar no meu asilo familiar, e ter o direito de sentar na minha mesa, imporem suas ideologias nefastas para chamar o pai de meus filhos de mentiroso, por ensinar os valores bíblicos e defender a família tradicional. Se as coisas continuarem assim, nosso púlpitos vão ficar desprotegidos, nosso lar vai ficar desprotegido,Pporque já conseguiram avariar bastante a educação,a realidade é que as escolas seculares já estão com os muros da moralidade completamente corroídos, e pode ter certeza que de passo a passo, com essa metodologia sutil de fazer as coisas aos poucos, usando processos de condicionamentos psicológicos para enganar de forma sutil a sociedade, a próxima geração de cristãos terão que escolher entre servir ao deus desse século com vida ou servir a Deus pelo martírio. Isso parece uma loucura! Mas a forma de trabalhar desse espírito anticristão secular,é agir na surdina, é estrategicamente sutil para que a maioria nem perceba o que está acontecendo em nosso mundo.  Quando a maioria se acordar para a realidade, será tarde demais...

Mas que é o Estado é laico? Um estado é laico quando não existe uma religião oficial. O Estado não tem religião, mas a sociedade tem, e muitas! Um Estado laico não interfere nas questões religiosas, procura proteger a todos, e dar direito de todos professarem a sua fé e suas crenças. Como vimos anteriormente, citando a constituinte, o estado tem o dever de proteger locais de culto, e dar liberdade ao cidadão de professar a sua fé ou sua crença.  Um Estado ateu ou agnóstico ou antirreligioso não seria assim. A particularidade comum de um Estado laico é que ele não tem uma religião oficial, mas dá o direito de seus cidadãos terem uma religião, e os ampara através de lei.  Isso é laicidade. Pastores e obreiros precisam ter conhecimento disso! O Estado laico não decide o que é ortodoxo ou o que é herético quando o fato é disputas doutrinarias, ele não se intromete em questões doutrinarias, no caso de disputas teológicas entre um trinitariano e um unicista, no Estado laico,o cidadão tem o direito de optar qual linha doutrinaria quer seguir. o cidadão tem a liberdade de ser teista, deísta, espiritualista, gnóstico, agnóstico, ateísta e ou pagão. A liberdade de o ateu ser ateu existe em um Estado laico. Quando o ateísmo é oficial, o ateu tem liberdade e a igreja é perseguida, como foi na antiga URSS. Embora o cristianismo advogue um exclusivismo, nos países protestantes atuais, as pessoas gozam mais liberdade, do que em países não cristãos, isso é fato. Ironicamente, hoje, agnósticos e ateus, usufruem de uma liberdade que eles não conquistaram, para atacar aqueles que se sacrificaram para dar a liberdade que de outra forma eles não teriam.
Mudanças estão ocorrendo, e muitas vezes porque a ignorância tem sido a arma que os oponentes do cristianismo estão usando contra nós. 
A igreja moderna sofre com vários ataques internos, a infiltração de filosofias nocivas como o pragmatismo, o relativismo, o humanismo e o materialismo, vem causando muitos estragos na igreja cristã moderna. Tornando-a fraca e  com uma espiritualidade superficial. Nessa situação, como podemos confrontar um anticristianismo que emerge das sombras de um mundo caído? Fica difícil imaginar gente com fé superficial e falsos convertidos confrontando um mundo hostil que tenta destruir as bases fundamentais de uma igreja bíblica e fiel aos ensinos de Jesus Cristo.
 Voltando a citar Katia Maria Azzi , ela explica com clareza que: “quem manda no Estado laico é a sociedade, e não o contrário! Pois o Estado laico nasce da sociedade e nela encontra o motivo de sua existência. O Estado existe para a sociedade” (10)
Preciso alertar que todos precisamos viver engajados, unidos em oração, prontos para firmar nossa posição diante da verdade. É dessa união que virá a força espiritual que precisamos para confrontar um futuro anticristão que sobrevirá sobre a igreja de Cristo, antes da vinda dEle. Desejo deixar aqui alguns princípios que precisamos colocar em pratica depois da leitura desse estudo:
1-O Líder cristão deve ter amplo conhecimento de todos os direitos e deveres civis, deve conhecer a constituição brasileira e estar ciente dos assuntos eclesiásticos e os direitos que temos perante a lei.
2-Deve sempre que possível informar os membros sobre nossos direitos e deveres, explicar os fatos e ensinar os valores judaicos cristãos com mais afinco na igreja.
3-Deve convocar irmãos e a igreja para orar com mais frequência, fazendo frente no mundo espiritual, a fim de repreender esse espírito antideus que se aloja na sociedade secular.
4-Deve cultivar um habito de ler com mais frequência e estar a par dos acontecimentos sociais, e advogar com mais frequência a causa do evangelho.
5-Deve convocar todos os cristãos a orarem mais, promover o jejum e chamar todos os crentes a uma fé mais profunda, solida e fortalecida pelo compromisso sério com Deus.
6-Deve conscientizar os cristãos a terem um preparo espiritual mais forte, para confrontar as ideologias anticristãs que ameaçam a nossa liberdade e as nossas convicções cristãs.
7-Viver em vigilância e exortar os cristãos a viverem nesse estado de alerta espiritual, pois os últimos dias serão dias difíceis como profetizou Paulo (II Timoteo 3:1)


Notas bibliográficas:

(1)- William Stanmeyer, Clear and Present Danger: Church & State (Servant, 1983) 219 pp
(2) Crer e Observar- O cristão e a Obediencia-Editora Cultura Cristã-Pag 19
(3) Sugiro a leitura do Livreto “Qaul é a Relação entre a Igreja e o Estado?” R. C. Sproul. Série Questões Cruciais Numero 48 Editora Fiel
(6)Idem
(7)Guia básico do Obreiro- José Vasconcelos capitulo sobre a constituinte do Brasil, pagina 238-CPAD
(8) Idem

Obs- Devo meus agradecimentos a autora Katia Azzi que escreveu o artigo sobre o significado de Estado laico, na website da comunidade Pantokrator, e que me motivou a escrever esse estudo.

Autor
Pr Clavio Juvenal Jacinto
Caixa Postal 1
CEP 88490-000 PAULO LOPES SC
48-9622-8870 e 8442 0526




segunda-feira, 24 de agosto de 2015

A LUTA NOSSA DE CADA DIA (Frases e Reflexões)




O diabo sempre lutou pra fazer a mentira funcionar de alguma maneira com o proposito de enganar o incauto, de que ela, a mentira seja uma verdade.

Uma pequena resistência à verdade é uma grande oportunidade ao diabo

Quando agimos em contradição de nossas convicções, nosso atos servem de apologia para o diabo acusar e convencer os incrédulos de que o cristianismo é falso.

Nossa batalha é contra nós mesmos, enquanto o ego não for derrotado, toda a vida cristã será de derrotas.

Não somos chamados a resistir ao mal que está fora de nós mesmos, sem antes vencer o mal que está dentro de nós mesmos.

Não há esperança que sobreviva dentro de um coração sem submissão a DEUS

As vezes somos enganados por uma tragica heresia: a de que podemos nos revestir de vestes de santidade sem se despojar dos trapos do pecado

A nossa maior luta na vida cristã, é na compreensão do sofrimento. A mais dura lição que temos que aprender, é que é melhor sofrer um pouco com Cristo, do que sofrer toda uma eternidade por causa da ausencia dEle.








sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Nosso Universo: Grandeza e Complexidade

O htwins.net é um daquelas páginas da Web de tirar o folego, trata-se de uma escala que mede a dimensão das coisas no universo do micro ao macro, revela a grandiosidade, a complexidade e as maravilhas da criação. Vale a pena consultar e pesquisar, com opção para a lingua portuguesa.




http://htwins.net/

Frases e Pensamentos sobre a Vida Cristã




O amor sincero a verdade nos faz sentir-se ofendido quando a mentira tenta usurpar o lugar dela

Os degraus de uma verdadeira santidade elevada é o caminho mais seguro para termos uma proximidade maior com o nosso DEUS.

Os mandamentos de Deus não são pesados para os que se libertaram do poder da carne e vivem cheios de Espirito Santo

A obra da cruz triunfa sobre todo o poder da carne, Jesus venceu na cruz, triunfou sobre todo o poder maligno do pecado.

Pobre de espirito é aquele que tem toda a dependência em Deus, compreende que fora dele, não temos nada, então carecemos de toda a misericórdia divina.

A verdadeira fé é firme, constante e sobrenatural na sua essência, porque não se apoia em sabedoria de homens. Mas está firmada no poder de Deus.

Melhor do que decorar versículos bíblicos e moldar toda a nossa existência de acordo com os ensinos bíblicos.

A ação muda o sentido de coisas as coisas, não a vontade de fazer.

Misericórdia é a paciência de esperar aquela pessoa que precisa de um concerto com Deus, porque foi com a mesma paciência que Deus também nos esperou.



Extraido de notas, sermões e reflexões de Clavio J. Jacinto



Esperança



Quebra a esperança de um corajoso
E com coragem
Ele fará dos pedaços

Muitas outras esperanças


Clavio J. Jacinto

A NOBREZA DA CONQUISTA





A Nobreza da Conquista

As mais nobres conquistas
De um homem
Passam pelos campos da dificuldades
São aquecidos pelo fogo da tenacidade
Iluminados pelas lâmpadas da paciência
Fortalecidos pelo pão frio da coragem
Firmadas pela ousadia de tentar sempre
E, nunca desistir

Clavio Juvenal Jaciunto 

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Totalmente Teu



Tu és meu bom descanso
Minha vida te pertence
Sou totalmente teu
És mina luz e fiel direção
Tua voz é meu consolo
Tuas mãos a minha segurança
A tua vontade meu viver
Tua palavra meu querer
Tu és minha firme esperança
Tua sabedoria a mina confiança
Minha vida é tua
Minha entrega é completa
Tua vontade, o meu destino

Clavio Juvenal Jacinto

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Pense nisso! (frases e Reflexões)

Frases que Edificam


A coragem de reconhecer que temos escuridão dentro de nós, e a forma mais simples de merecermos mais uma quantidade de luz.

Uma pessoa é aquilo que ela faz. As ações são os frutos do seu pensamento. Sua verdadeira identidade é revelada por suas ações. Nunca devemos nos iludir: uma pessoa não pode confessar coisas certas e agir sempre de forma errada. Se existir essa contradição, então é irrefutável que as suas ações determinam que tipo de pessoa que ela é,  sempre suas ações, e nunca suas confissões. Porque a confissão de palavras s[o pode ser sustentada pela realidade das  atitudes produzidos pelas suas ações.

O evangelho não é um a mensagem que oferece satisfação completa aos desejos egoístas do homem, mas sim a mensagem que apresenta a justiça e a misericórdia, para todos os que nunca mereceram nada, a não ser a condenação.

A cruz de Cristo sustenta a doutrina da mortificação da carne, não uma religião de negócios e prosperidade.

Nós precisamos mais de Cristo na medida em que reconhecemos mais nossas fraquezas.

Não fomos chamados para buscar a glória dos homens, somos chamados para glorificar a DEUS.

Extraido dos sermões notas e escritos de Clavio J. Jacinto
Agosto de 2015
Paulo Lopes SC

Igreja Evangelica Caminho da Paz

DEEP WEB:O PORTAL DO ABISMO




“ E sobre as asas das abominações virá o assolador” Daniel 9:27


“A esperança da impunidade é o grande suporta de toda iniquidade” Mathew Henry



A internet mudou completamente a vida do planeta terra, estamos lidando com duas formas de realidade, a real e a virtual. Cada vez mais a cultura ocidental de intensifica mais na realidade virtual e perde o contato com a vida natural, a vida real. A tecnologia moderna, fascina, encanta, embriaga, intoxica e enfeitiça toda uma geração, e em poucas décadas, globalizou a informação, revolucionou a comunicação e fez com que o pecado e a iniquidade se alastrasse de tal forma como em nenhum outro estagio da civilização. A nossa sociedade, é uma sociedade viciada em tecnologia Só para o leitor ter uma ideia sobre o problema que vem causando as novas tecnologias, já existe até tratamento psiquiátrico para s vitimas de dependência da internet, por exemplo, aqui no Brasil  existe o Grupo de Dependência de Internet do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP).
Infelizmente a internet tem sido um instrumento poderoso para promover heresias, satanismo, e toda a sorte de pecados e abominações, sem ser completamente pessimista nesse assunto, sabemos que existe o lado bom, da internet, bíblias eletrônicas, sites teológicos, bibliotecas online, muitos recursos para estudantes, professores, pesquisadores e lideres cristãos, não devemos nunca deixar de  reconhecer esses méritos da rede, porem até mesmo o lado bom da internet, pode viciar. Então, precisamos estar cientes do problema, tanto das redes sociais, que estão sugando a identidade das pessoas, escravizando indivíduos, e alienando-os de tal forma, que o encanto parece ser difícil de quebrar. A internet está destruindo os relacionamentos, roubando precioso tempo das pessoas, e destruindo a nossa civilização. Onde vamos chegar? Talvez alguns discordem da minha visão extrema, porém desejo apenas deixar uma palavra de alerta, aos pais, jovens e todas as pessoas de um modo geral, mas especialmente aos crentes, já que sou um líder, sei que tenho o dever de admoestar todos os que estiverem ao meu alcance.


DEEP WEB o abismo aberto

Todas as vezes que leio ou ouço a respeito da deep web, me lembro da descrição do poço do abismo de Apocalipse 9, é lógico que a descrição apocalíptica não é sobre a Deep Web, mas as similaridades são! Antes de prosseguir o que é Deep Web? Deixei que os experts no assunto descrevesse sobre o tema, eis a explicação : “Deep Web (também conhecido como Deepnet, Darknet, Undernet ou invisible net) é o nome dado aos sites e comunidades virtuais que não são encontrados por mecanismos de busca convencionais, ou seja, não estão na superfície da internet. Simplificando melhor, sites que não são achados no Google, e só conseguem ser encontrados por meios avançados de busca ou por sistema de encriptação avançados. Usando de metatags especificas é possível ocultar um site ou fórum de buscadores.” (1) essa mesma pagina que promove a Deep Web, também promove a “The demonic Bible” (A Biblia demoníaca) por ai começa minha insistência de que cristão algum deve mergulhar no abismo escuro da internet,a Deep Web porque na surface já existem pecados demais para combater e evitar. A web “legalizada” já está infestada de toda sorte de pecados, o que você acha que deve estar escondido nas camadas criptografadas, nos antros escuros, escondidos nas profundezas do anonimato do homem caído?
A Deep Web, é uma região obscura, o fundo do poço da tecnologia virtual de informação. Nessa zona negra, reina o anonimato, ninguém sabe quem é quem, e tronou-se um verdadeiro antro de hackers que querem roubar dados alheios, um lugar cheio de vírus que infestam os computadores dos incautos. Mas a Deep Web não é só isso: é lá no fundo desse poço, que rola, por conta do anonimato, a pedofilia, a zoofilia, a necrofilia, o satanismo nas suas formas mais repugnantes, venda de drogas, fóruns de canibalistas e uma incontável gama de outras abominações. Mas então porque a Deep Web atrai tanta gente? A busca por livros banidos, informações secretas, participação em fóruns, a busca de pesquisas cientificas e a curiosidade tem sido os motivos dos mais bem intencionados, mas desde que se tenha um bom conhecimento em pesquisas de arquivos e informações, a maior parte do que alguns pretendem buscar no fundo obscuro da internet, pode ser achado na surface. Na internet acessível a todos. A busca pelo saber proibido parece ser a força que motiva a maioria a descer as regiões abissais da internet. Como as informações na internet são amplamente quase infinitas,muitos nutrem uma fome insaciável pelas coisas que existem na internet, porém desejo deixar aqui o alerta: o vicio pelo saber torna-se um  abismo que se cava para a própria alma, quando a busca é pelo saber proibido.
A bíblia diz que nós não somos da noite e nem das trevas (I Tessalonicenses 5:5) temos que evitar a aparência do mal(I Tessalonicenses 5:22) e o cristão não pode conviver no mesmo nível, onde necrofilos, (para quem não sabe necrofilia é relacionamento sexual com cadáveres) e os mais terríveis e abomináveis  rituais de satanismo são praticadas e acessíveis aos olhos de quem mergulha nos antros obscuros da internet.  Pesquisei por algum tempo, sobre o assunto, e posso conclui com certeza de que a Deep Web [e o antro onde as mais terríveis abominações são praticadas, esse é o sinal culminante de que a nossa geração está fatalmente condenada.  Se existe um lugar onde tem uma maior aproximação do inferno é lá. Segundo alguns experts no assunto, há paginas anônimas de sociedades secretas, satanistas e seitas satânicas, cujo poder de maldição é tão nefasto, que ao abrir essas paginas, demônios são liberados, e os curiosos podem correr o risco de serem possuído por espriitos trevosos. Isso me faz lembrar das palavras de Cristo “Mas essa é a hora e o poder das trevas” (Lucas 22:53)
No ano de 2001, o leitor deve estar lembrado do caso, que teve repercussão internacional, o canibal de Rotemburg, o alemão Armin Meiwes, usuário da Deep Web, participou durante algum tempo de um fórum de canibalistas, gente que sonha em devorar carne humana, Meiwes conseguiu um candidato que queria ser devorado, e então marcaram um lugar, depois de manterem relação sexual, então Meiwes, com consentimento do seu parceiro, arrancou o órgão genital dele, fritou e ambos comeram, numa refeição, que considero um ritual, porque logo em seguida o açougueiro canibal alemão, matou seu parceiro (Com o consentimento da vitima) abriu o corpo e durante os dias posteriores devorou pelo menos 20 Quilos de carne humana, até ser descoberto.(2) A Deep Web, é um lugar extremamente anônimo, e é por lá que se encontra liberto os desejos pecaminosos mais infames do ser humano. Quando o homem desce as profundezas da obscuridade, para ter contato com pecados escondidos, ele injeta dentro de si a sombra de todas as abominações. Não existe qualquer duvida, e desde que pesquisei sobre o assunto, posso concluir que o coração do homem caído é extremamente maligno, e o anonimato impulsiona-o a ultrapassar todos os limites da iniquidade.
Como cristão, preciso seguir os conselhos de Paulo em Efesios 5;11, ele adverte que não devemos nos comunicar com as obras infrutuosas das trevas, antes devemos condena-las. Aconselho a todos os cristãos a ficarem longe da Deep Web, nunca devemos descer aos níveis obscuros e aos antros secretos desse mundo que jaz no maligno, a bíblia afirma que Cristo nos chamou das trevas apara a luz( I Pedro 2:9) descem aos antros obscuros do anonimato e das abominações, aqueles que tem o coração obscurecido (Romanos 1:21) além disso, Paulo também pergunta: “Que comunhão tem a luz com as trevas:” (II Corintios 6:14) faço essa advertência, porque tenho percebido, que a Deep Web tem ganhado muita popularidade nesses últimos anos, e sem duvida na medida em que nosso mundo amadurece para o juízo, aqueles antros ficarão infestados cada vez mais de abominações, e as correntes espirituais do Diabo, irão prender muita gente que mergulhou o coração nas regiões abissais da Dark Web. É impossível  abrir os portais do ocultismo, sem correr o risco de não ter o coração infestado de demônios. Muitos são impulsionados pela curiosidade, a busca por novas experiências, ou para buscar num lugar secreto, satisfazer suas paixões mais baixas. Tentar descrever tudo o que existe por lá, traz um impacto sobre a nossa sensibilidade, entre tantos comentários de experiências de gente que foi usuária de Deep Web, lembro-me daqueles que disseram que perderam a fé na humanidade. Embora tenha descrito aqui as coisas que acontecem por lá, estou apenas buscando as informações de fóruns e documentários que existem na web tradicional, filtrando com muito cuidado as informações, e não publicando imagens que denigrem a minha pagina, acho que se encaixa bem com o tema, o que Paulo disse em Efesios “Porque o que eles fazem em oculto, até dizê-lo é torpe” (Efesios 5:12)


“...As profundezas de Satanás” (Apocalipse 2:21)

O satanismo em todas as suas formas tem ganhado popularidade nesses últimos tempos, inclusive por causa de circunstancias “especiais” como a esfera de anonimato,promovido pela Deep Web, o satanismo vem ganhando força, como também todas as formas de ocultismo e feitiçaria. Sabemos que esse mundo jaz no maligno, e que a maldade é uma realidade, é fácil que concluir que na superfície tradicional da Web já existe uma gama infinita de seitas blasfemas e grupos satanistas, que promovem ritos, ideias, cerimônias etc. A bíblica satânica de Anton Lavey, por exemplo, pode ser baixada por qualquer um, que tenha acesso e um pouco de conhecimento de pesquisas e downloads de acervos e informações. Deus permite a expansão do mal, para mostrar a todos, de maneira definitiva, que o oposto desse fato, o bem, está sendo absolutamente rejeitado por causa da ignorância que o homem moderno está tendo com relação as coisas espirituais verdadeiras. Vivemos dias de ceticismo entre intelectuais, ignorância entre os crédulos e superficialidade entre os cristãos. A realidade espiritual desse mundo se esconde por trás de uma tecnologia de encantamentos e vem tendo a cobertura das religiões falsas por séculos. O cristão é convocado hoje a vestir-se das armas da luz, na medida em que ele rejeita as obras das trevas (Romanos 13:12) enquanto que o mundo enganado vai mergulhando mais nas trevas e experimenta as profundezas de satanás, somos chamados a não tocar nada imundo para sermos recebidos pelo Senhor (II Corintios 6:17) pois Paulo faz a pergunta :”Que comunhão tem a luz com as trevas?” (II Corintios 6:14)


“Os lugares tenebrosos da terra estão cheios de moradas de violência”
Salmos 74:20.

Percepção espiritual profunda.

A Deep Web tem promovido coisas repugnantes, isso nos alerta para usarmos de extrema precaução, para não descermos os degraus dessas regiões abissais. Uma vez que na Web aberta, já encontramos um oceano caudaloso de pecados e tanta sujeira, o que nos serve de alerta para não corrermos o risco de sermos levados pela correnteza das abominações que são promovidas por essas regiões expostas aos olhos de todos e acessíveis a qualquer um, imagine como será então um lugar livre para se publicar e promover qualquer coisa? Até mesmo o policiamento internacional está em constante busca por aqueles lados, e com muito custo consegue chegar até os criminosos cibernéticos. A Deep Web torna-se uma espécie de inferno livre, na dimensão virtual, onde os mais terríveis pecados podem ser declarados, publicados e promovidos. Como um cristão deve agir diante desses fatos? Quando a pessoa percebe a gravidade do pecado e a imundície de uma abominação? Quando ela é santa o suficiente, e enxerga pela lente da santidade tais pecados, e sente ânsias de vomito, repulsa e nojo, quando algo pecaminoso está diante de seus olhos.
Aconselho os cristãos a não descerem os degraus da Deep Web, não somos chamados para o envolvimento com coisas sinistras. A internet normal já tem pecados suficientes para evitarmos, irmãos que usam com frequência a surface (A Web comum) já precisam tomar muito cuidado e vigiar constantemente para não cair nas armadilhas que ela oferece a todo o momento.  Percebi o quanto o homem vai longe para praticar as mais terríveis abominações. Depois de muito tempo pesquisando sobre esse tema, escrevi essa oração, e que ela também seja útil para você, amado leitor:


Senhor
Dá-me coragem de fazer as coisas certas com a mais tenaz dedicação, para ir muito mais além a favor da verdade e da santidade, do que os que ousam ir em prol do erro e do pecado.


Autor:

Pr Clavio Juvenal Jacinto

Obs: O autor não é usuário da Deep Web, todas as informações contidas nesse artigo foram extraídas de documentários, fóruns, e de pessoas que desceram por aqueles antros. As informações foram filtradas, com o objetivo de não promover sensacionalismos e ou informações duvidosas.






(2)    https://pt.wikipedia.org/wiki/Armin_Meiwes


Informações adicionais:
https://www.youtube.com/watch?v=VSdb54VcCQ0 (Pregação do Pr Paulo Junior sobre os perigos das redes sociais. Recomendo!)

Pessoas que precisem de oração, ajuda ou aconselhamento, podem escrever para:
Pr Clavio J. Jacinto
Cx Postal 1
CEP 88490-000
PAULO LOPES SC



quinta-feira, 13 de agosto de 2015

A CRUZ E A INCREDULIDADE (Reflexões)




As dores da cruz de Cristo nos conduzem ao despertamento espiritual, dias de bonança são caminhos que levam os homens piedosos para os vales das formalidades de uma religião sem vida.


Aquele que é negligente com relação a sua própria alma, não é exemplo de piedade para ninguém.


A má teologia corrompe a espiritualidade, mas a boa teologia ilumina o coração e lapida o caráter.

Um homem não torna-se incrédulo por causa da sua intelectualidade, ele torna-se incrédulo por causa do orgulho que nasce da sua intelectualidade.

A fé nunca foi um passo no escuro, porque um passo no escuro é a razão sem a fé.

Na vida espiritual não pode haver espaço para o egoismo, porque aquele que se une com o Senhor é um só espirito com Ele.

A sabedoria consiste em estarmos atentos ao que se está fazendo, ampliando a visão para enxergar pelo discernimento, as consequências que essas ações trarão amanhã.

Há uma certeza por trás da cruz, que incomoda os inconversos. Uma verdade que está além dos olhos naturais. Por isso há tanta gente combatendo o cristianismo, porque se ele estiver certo, tudo o mais estará fatalmente arruinado.

 A cruz tem uma mensagem dramática de redenção. Ofende o coração do humanista, a intelectualidade do racionalista, o crença do egocêntrico, a esperança do legalista, a explicação do materialista, confronta um mundo de pecado e sobrevive a oposição de todos eles.

A cruz é um insulto ao orgulho do homem caído, o orgulho dá prazeres temporários, mas a cruz aponta para a redenção eterna.

Muitos negam a existência de um Cristo histórico, são como os sabichões que dormem de dia, e ficam acordado durante a noite, atras de todas as evidencias definitivas que provem a inexistência do  o sol.



Extraido dos escritos, sermoes e anotações de Clavio Juvenal Jacinto

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Esconderijo




Esconderijo

Que aos olhos dos homens
Seja eu mesmo um nada
Pois renuncio toda a glória terrena
Para que esteja eu mesmo escondido
Por trás da cruz
Onde morreu meu Salvador

TEMOR




Temor



A quem eu não devo nada
Eu não temo nada
Em nenhum tempo
A Deus devo tudo
Então eu o temerei

O tempo todo

Luz e Trevas




Se pois o mundo inteiro
Jaz na mais densa escuridão
Se as ruas viraram antros escuros
E os corações abismos
Se as sombras repousam sobre
Os jardins
E as flores desabrocham com negras
Petalas
Resiste!
Seja a mais intensa luz
Mesmo que sejas lampada solitária
Quando as trevas intencionam
Reinar sobre todas as estações

Clavio Juvenal Jacinto

Cruz e Pecado (Frases Cristãs)

Toda a relação horizontal se amplia com equilibrio, equidade e amor, quando a relação vertical com DEUS torna-se progressivamente mais intima. Toda a força da santidade está na vida de oração.

O declinio da vida cristã começa com uma mudança de posição, saindo da dimensão da vida espiritual, para uma pratica de religiosidade imposta pela energia da carne.

Se não vejo a gravidade do pecado na cruz de Cristo, tambem não posso entender o verdadeiro valor da redenção que Ele oferece na cruz.

Foi numa entrega completa pela cruz, que Cristo fez-se suficiente para satisfazer todos os anseios de uma alma desesperada pelo pecado.

O pecado é um monstro insistente, que luta para permanecer como hospede dentro do coração de cada ser humano, seja este redimido ou não.

Pr C. J. Jacinto

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Rosto de Cerâmica.


Rosto de Cerâmica


Teu caráter é face
Rosto de cerâmica fina
Revestido de ouro puro
Não deixe cair
Pois se quebrar em mil pedaços
O rosto de teu caráter

Ficará totalmente danificado

Clavio J. Jacinto

Footer Left Content